sábado, 11 de janeiro de 2014

A Arte de releituras de obras na Educação Infantil

Oie! ;3

Apresento a introdução ao trabalho de releituras de obras na Educação Infantil, posteriormente postarei dois planos de aula sobre a releitura de uma obra do Romero Britto.

Esse material é inédito e foi desenvolvido por mim, nada de plágio hein!

A ARTE DE RELEITURAS DE OBRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

              A proposta deste trabalho é difundir a releitura de obras de arte na Educação Infantil, especificamente à crianças de quatro/cinco anos de idade, de maneira lúdica e expressiva.

            A arte é uma demonstração de saberes, ideias e fatos transformados em símbolos. A arte é como uma técnica/habilidade que desenvolve um conjunto de ações criativas usando a percepção, a emoção e as ideias, tudo ligado à imaginação. A releitura é uma forma de dar uma nova interpretação, é transformar, é criar algo novo que tenha ligação com a fonte que serviu de inspiração.


            Apresentamos a obra “ Amor de Borboleta 2” de Romero Britto, que usaremos como base para algumas atividades, apresentadas posteriormente.


         Romero Britto nasceu em Recife (1963), desde pequeno pintava sucatas, papelão e jornal com muita criatividade. Seguidor do estilo “Pop Art”– arte que utiliza em suas representações pictóricas imagens e símbolos de natureza popular – Romero é mestre em explorar cores vibrantes e formas geométricas.

            A arte na Educação Infantil desempenha um papel fundamental na construção indivíduo, fazendo com que possa refletir, desenvolvendo valores, sentimentos, emoções, imaginação e criatividade. Também desenvolve a realização pessoal, o prazer, a identificação com o outro, contribuindo para a formação integral do ser humano.


As artes visuais expressam, comunicam e atribuem sentido a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por meio da organização de linhas, formas, pontos, tanto bidimensional como tridimensional, além de volume, espaço, cor e luz na pintura, no desenho, na escultura, na arquitetura, nos brinquedos, bordados, entalhes, etc. (Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil vol. 3). 



      A arte é um agente transformador e promove a ampliação do conhecimento de mundo que as crianças possuem. É fundamental criar um ambiente com inúmeras possibilidades de expressão, pois o conhecimento da arte se torna significativo e lúdico. Mas para que isso ocorra, os educadores precisam conhecer seu grupo de alunos, bem como interagem com diversos materiais em diferentes situações, suas referências culturais e seus pontos de vista sobre o mundo.

            Cabe a todos os educadores que atuam com o ensino da arte, uma reflexão sobre os procedimentos em sala de aula e a importância cognitiva para o desenvolvimento integral da criança.

REFERÊNCIAS



AMBROSIO, Oscar d'. Contando a arte de Romero Britto. São Paulo: Noovha America, 2008.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Conhecimento de Mundo. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Arte. Brasília: MEC/SEF, 1997.

CUNHA, Susana Rangel Vieira da. As artes no universo infantil. 2 ed. Porto Alegre: Mediação, 2012.

FERRAZ, Maria Heloisa C. de T.; FUSARI, Maria Felisminda de R. e. Metodologia do ensino de arte. São Paulo: Cortez, 1993.


4 comentários:

  1. Amei o blog, ficou lindo Line. Parabéns! *u*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownnt!! *u* Roseli, muito obrigada!! <3
      Agradeço todo carinho e motivação! Bjus

      Excluir
  2. Respostas
    1. Muito obrigada meu amigo Valci, vou dar o meu melhor para vocês verem o pouquinho do que penso ;3
      Obrigada pela motivação! Bjos <3

      Excluir